Arquivo da tag: Amor

4 anos e…

9 meses!!

Hoje completamos 4 anos e 9 meses de namoro. É um post inesperado pra muitos, mas que eu já planejava fazê-lo a pelo menos dois meses.. Mas por vários motivos que não vem ao caso no momento, eis que hoje ele toma forma.

No último final de semana o tema “blog” voltou a nossa conversa, fazendo com que a saudade tomasse conta de mim, sendo assim, eu percorri página por página para relembrar o que já foi dito sobre a gente, sobre a nossa história aqui.

Mas com certeza, não preciso do blog pra dizer o quanto as coisas foram mudando durante esses quase 5 anos.

Muitas idas, muitas vindas. Muitos planos, alguns concretizados, outros mais ou menos e alguns frustrados. Algumas brigas sem motivo, algumas com razão, outras sem. Alguns quase términos, um deles até, vocês presenciaram o momento bem de pertinho. Algumas coisas em comum, várias diferenças. O Direito e a Moda. Foram muitas conquistas individuais e em conjunto. Um pouco de frustração, mas muita alegria e felicidade. Tantas coisas que vieram e se foram. Todos os rituais que foram se perdendo com o tempo, e tantas outras coisas que foram se ganhando também. As responsabilidades que foram aumentando e o tempo que foi diminuindo. Muitas vitórias, comemoradas juntos.. São tantas as coisas que c, que nem caberia tudo aqui e que também não existem palavras que consigam expressar tudo que sinto por ele! Por isso, que montei esse vídeo com fotos contando de maneira simples, um pouquinho de cada coisa que já vivemos e sentimos..

Não sou habilidosa com o Vegas, por isso usei o movie maker mesmo hehehe. Acho que p que vale é a intenção né?!

Bom..

Matheus..

Eu não sei quanto tempo tu vai demorar pra ver esse post aqui (espero que não muito) hahaha. Mas o que eu quero, é dizer que eu te amo demais, isso não é nenhuma novidade, mas todo mundo que ama, sabe que não importa quantas vezes essas palavras mágicas são direcionadas a ti. Quero poder viver muitos anos ao teu lado, até ficarmos velhinhos e contarmos a nossa história para os nossos netos e bisnetos do jeito que a gente deseja.

A gente achou que com o tempo as coisas só iam melhorar pro nosso lado, mas com todas responsabilidades a distância que continua sendo a mesma só parece aumentar, porém sempre estivemos cientes de que as coisas não iriam ser fáceis, e realmente elas não são.

Estamos batalhando para que no futuro possamos dividir finalmente o mesmo teto.. hahaha.. É difícil isso tudo, mas te digo que todo esforço vale a pena, nem que sejam por algumas horas. Estar contigo me faz ser outra pessoa e ver as coisas de uma forma diferente, me faz acreditar de que as coisas vão ser diferentes!! E isso tudo me motiva a cada vez mais te amar, pela pessoa que tu és e pelas coisas que tu faz!

A saudade está me matando mais uma vez, mas eu sei e tenho certeza de que quando a gente se reencontrar vai ser tudo intenso como sempre acontece!!

Obrigada por esses 4 anos e 9 meses. Aprendi milhares de coisas contigo e continuo aprendendo diariamente, tenho muito orgulho em ser tua namorada!!! Tu é foda guri ;D

Te amoo demais!!!

Grande beijo da Bru!!!

Créditos das fotos no vídeo: arquivo pessoal, Fernanda Henz Fotografias, Tri Produções e Studio Sandra Wagner.

10 Comentários

Arquivado em Dela

Hey, quanto tempo..

Primeiramente queremos desejar um Feliz Natal p/ vocês. E que 2011 seja um grande ano para todos!!

Desde o último post (22/01), milhares de coisas aconteceram conosco. Pode-se dizer que foi um grande ano para nós dois, várias realizações, conquistas, algumas frustrações, alegrias, tristezas, enfim.. Aquela coisa toda. Foi um ano bem corrido e atarefado para nós dois.

Hoje estamos aqui na minha casa (Bruna), o Matheus está lendo o livro que ganhei de amigo secreto, A Menina que Roubava Livros. Passaremos o reveillon na casa dele, e depois voltamos pra cá, pois dia 13 é minha formatura. A ficha ainda não caiu, mas já estou morrendo de saudades. Quero só ver como será daqui pra frente.

Na verdade passei aqui pra dizer que estamos bem, e que temos saudades daqui, do nosso cantinho e dos amigos que aqui fizemos. Temos muita vontade de voltar, mas devido ao tempo que ultimamente tem sido pouco fica complicado.

Talvez em breve a gente volte!

Belissimo 2011 para todos!!!!

Beijão,

Bruna e Matheus

4 Comentários

Arquivado em Deles

Ausentes por tempo indeterminado..

Estamos bem, porém bastante atarefados na faculdade e em nossos estágios e as coisas tendem a “piorar” no decorrer do semestre, por isso a nossa ausência aqui no blog e até mesmo no blog de vocês.

Pretendemos um dia voltar a postar como faziamos um tempo atrás, tomara que a gente consiga…

Enquanto isso vamos postando “notinhas” eventualmente.

Amooor, te amooo!!

Beijão à todos!!

Bruna

10 Comentários

Arquivado em Dela

Foi o 20 de Setembro!

OgAAAKC3go3rRmngfsid0NvduuQWdL2p2ypAfiV2DJ6mW1le75Z5yqyCwCOFagV8HaTzd6lUshaEOPrqy_9R_GLv4WkAm1T1UOkDcXAzyfsxOMnuqy0p_A_DnmJW

Mas não basta pra ser livre
Ser forte, aguerrido e bravo
Povo que não tem virtude
Acaba por ser escravo

Mostremos valor constância
Nesta ímpia injusta guerra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda terra

Daí pessoal. Venho aqui hoje, excepcionalmente, declarar MAIS UMA VEZ meu amor pelo Rio Grande.

É. Chato né? Talvez, mas pra nós o dia 20 de setembro marca algo muito especial. Algo que nos toca de uma forma muito forte.

Não estou aqui para colocar lenha na fogueira do separatismo. Passou. “Deu pra ti, baixo astral. Vou pra Porto Alegre e Tchau” como diriam K&K. Ainda mais em uma data especial destas não é? Não tenho nenhum objetivo com esse post além de exaltar o que é o Rio Grande pra mim.

O que eu vou dizer da minha casa gente? Do lugar que eu chamo de lar? Não tem como explicar esse sentimento. Não sei quando ele nasceu, não sei como foi criado, mas é uma chama que arde dentro de todos que tem uma relação com esse pago.

Não temos quase nada demais por essas bandas. Não temos o melhor IDH, não temos o menor analfabetismo, não temos grandes belezas naturais. Por isso que eu digo que é dificil explicar o que nós gaúchos sentimos.

É um aperto no peito. Coisa que eu sinto agora escrevendo esse post. Meio que uma melancolia histórica de um povo tradicionalmente introspectivo, misturada com um orgulho descomunal. O povo gaúcho é de fato um povo especial. Um povo, em sua maioria, originário de gente que teve que lutar por essa terra. Um povo que sabe de onde veio e tem muito amor por essa herança.

E me refiro também aos gaúchos que moram longe dessa terra. Do pessoal que não larga o chimarrão nem sobre o calor nordestino. Do pessoal que cria CTG´s nos mais variados locais. Do pessoal que não consegue evitar a emoção ao ouvir o NOSSO hino tocando.

É gente. Eu posso dizer que, todos os anos, quando passo o Mampituba pra voltar pra casa o som da música gaúcha toca em meus ouvidos. Não sei porque, mas desde que me conheço por gente, quando isso acontece eu digo: – De volta pra casa.

Aff. Não adianta. Não tenho alcance mental suficiente pra falar sobre isso. A descrição deste sentimento que eu tenho claro como água dentro de mim está muito longe de conseguir ser transcrita em palavras. Agora que estou terminando o post eu percebo que isso só vai fazer sentido pra quem é gaúcho, pra quem também sente isso. Desculpa ao pessoal do resto do país, mas eu não sou capaz de explicar.

Em breve, provavelmente no dia 21, o blog volte à programação normal. Até lá é dia do gaúcho. Tem churrasco e bom chimarrão. Fandango, trago e mulher(via Skype). É disso que o gaúcho gosta. É isso que o gaúcho quer!

Abraços !

E aqui vai uma série de vídeos que me fazem balançar!



E de lambuja permita que eu NUNCA saia daqui. Mas se sair que possa ter a chance de dizer seguidamente: – de volta pra casa!

Te amo Rio Grande.

Te amo Bruna!

Matheus

2 Comentários

Arquivado em Dele

Recordações

O Matheus já explicou que estamos atordoados com nossos estágios, desde que minhas aulas iniciaram eu não parei um minuto ainda. Vira e mexe eu reclamo, mas na verdade estou adorando o que to fazendo, figurino. Assim que der uma folguinha maior quero escrever pra vocês sobre isso.

Mas agora vamos aos fatos 😉

Bom, no feriado de 7 de setembro fui lá pro Matheus e ele estava prestes a ganhar um armário novo, eu como boa namorada, ajudei a fazer uma limpa e organizar algumas coisas, dentre elas a gaveta onde estão todas as cartas e presentinhos (além daqueles espalhados pelo quarto) que dei pra ele durante o nosso namoro. E nos deparamos com este presentinho que decidimos compartilhar com vocês:

Digitalizar

Nós.. Eu e Você, Você e Eu!

Como eu não tenho certeza se vocês conseguirão ler na imagem então preferi escrever aqui pra vocês.

Era uma vez um guri e uma guria!

Os dois moravam muito longe um do outro e nem imaginavam que um dia iriam se conhecer.

Conforme foram crescendo houveram inovações, computador, internet, orkut, comunidades.

Mas mesmo assim era quase impossível, tantas pessoas, tantos tópicos, interesses, discussões.

E não é que aconteceu?! 17 anos e quase 6 meses depois esse guri e essa guria estavam lá, na mesma comunidade, mesmo tópico. E o mais incrível os dois trocaram scrap no mesmo momento. A partir daí tudo podia ser rosas, mas foi um longo caminho para ambos e hoje eles estão mais unidos do que nunca, fortes para novas conquistas. Falando em conquistas eles já são campeões nisso, já foram alguns obstáculos..

Guerreiros, aventureiros que carregam muitos sonhos e planos na bagagem e principalmente no coração!

E isso é apenas o início de uma vida todinha que os dois estão construindo juntos.

AH O AMOR!

Amor, amor, amor..

Não existem palavras para tentar expressar tudo que eu sinto por ti.. tu é muito foda.

Eu te amo!

É isso então…

Boa noite e bom dia a todos amanhã!

Amoooor, te amooo!

Beijão,

Bruna

1 comentário

Arquivado em Dela

É dia de festa no Último Romance…

56111456

Hoje vai ter uma FEEEESTA..

Ao que consta em nossos arquivos hoje o nosso cantinho completa UM ANO de vida. Iniciamos com o propósito de contar a nossa história sem dar muitas informações pessoais da nossa vida, mas como tuuudo pode mudar e mudou acabamos falando quase tuuudo mesmo, acho que a única coisa que não falamos aqui são as cidades que a gente mora.

Durante este período viemos aqui, desabafamos, comemoramos e quase acabamos (Deeusolivre). No início apareciamos frequentemente, ultimamente andamos meio sumidos daqui. Conhecemos outros blogs que nasceram próximos do nosso.. construimos amizade com muitas pessoas de locais diferentes. Tentamos nos esconder (na verdade até acho que não) no orkut, mas por acaso, ou destino a dona Madi nos achou por lá (bendito pão de queijoo 😉 ) haha.

Assim como vocês entraram na nossa vida, nós entramos na de vocês. E o que seria da gente sem nossos leitores? Não teria o porque de jogar as palavras na net para ninguém, por isso essa comemoração é tanto nossa quanto de vocês que encheram nosso cantinho com seus comentários e visitas (no exato momento 24.908 pessoas passaram pra prestigiar nosso blog), deram palpites e conselhos, carinho e tenho certeza que vocês sempre estiveram torcendo pela gente.

Entãooo parabéns pra tooodos  que encheram nosso cantinho de ALEGRIA e se estamos aqui hoje comemorando essa data é por vocês!!

Bom meus queridos, obrigado pelas visitas e pelo carinho, pra nós é muito gratificante ver que as pessoas acreditam no amor assim como a gente, temos uma puta responsabilidade nas mãos e pelo visto estamos conseguindo dar conta do recado, o que nos deixa orgulhosos demais!

Então era isso, vou lá arrumar minhas coisas, pois amanhã estou viajando pra encontrar o meu amor…

Bom resto de semana pra todos!

Amoooor, te amooooo demais seu dramáticooo, agora falta pouquinhoooo! 😉

Beijão, Bruna.

5 Comentários

Arquivado em Dela

A sensibilidade de uma borboleta!

Cenário : Matheus em casa por volta das 12:00 ajudando no almoço. Sua mãe abre a porta chegando de uma manhã de trabalho e é recebida com uma reclamação:

-Matheus:  Mãe temos um problema.

-Mãe: o que?

-Matheus: tenho quase certeza que estou com gripe suína. Os sintomas batem e eu mal consigo respirar no momento.

-Mãe: vamos ao médico.

Mas antes de sair paramos para almoçar. Notifiquei a Bruna dos meus receios. Do meu futuro possível diagnóstico. Pensei. Vou ligar pra ela antes de sair pra conversar e tal. E daí se segue o diálogo:

[…]

Bruna: Tá mas e é mesmo gripe suína?

Matheus: Não sei mor.

Bruna: Mas o que tu acha?

Matheus: eu acho que pode ser ué.

Bruna: Então não vou mais pra aí.

ATENTEM leitores para o absurdo dessa declaração. Eu ter gripe suína não é motivo de preocupação alguma. A única preocupação é não vir pra cá pra não ser infectada pelo moribundo ambulante em que se tornara o namorado dela. Consideração 0.

Mas tudo bem. É só sinusite+bronquite+alergia+tédio enfim. Nada que uma carrada de antibióticos não resolvam. Não que vocês estejam preocupados com a minha saúde também… Mas só pra avisar ;]

Maths

9 Comentários

Arquivado em Dele