A sensibilidade de uma borboleta!

Cenário : Matheus em casa por volta das 12:00 ajudando no almoço. Sua mãe abre a porta chegando de uma manhã de trabalho e é recebida com uma reclamação:

-Matheus:  Mãe temos um problema.

-Mãe: o que?

-Matheus: tenho quase certeza que estou com gripe suína. Os sintomas batem e eu mal consigo respirar no momento.

-Mãe: vamos ao médico.

Mas antes de sair paramos para almoçar. Notifiquei a Bruna dos meus receios. Do meu futuro possível diagnóstico. Pensei. Vou ligar pra ela antes de sair pra conversar e tal. E daí se segue o diálogo:

[…]

Bruna: Tá mas e é mesmo gripe suína?

Matheus: Não sei mor.

Bruna: Mas o que tu acha?

Matheus: eu acho que pode ser ué.

Bruna: Então não vou mais pra aí.

ATENTEM leitores para o absurdo dessa declaração. Eu ter gripe suína não é motivo de preocupação alguma. A única preocupação é não vir pra cá pra não ser infectada pelo moribundo ambulante em que se tornara o namorado dela. Consideração 0.

Mas tudo bem. É só sinusite+bronquite+alergia+tédio enfim. Nada que uma carrada de antibióticos não resolvam. Não que vocês estejam preocupados com a minha saúde também… Mas só pra avisar ;]

Maths

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em Dele

9 Respostas para “A sensibilidade de uma borboleta!

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Caralh*!
    Acho que a Bruna só foi infeliz no comentário, viu… huashuahsuahsuahsa, caramba, eu só fiquei imaginando a cena.

  2. Ah, Matheus… Boas melhoras. Eu tenho sinusite, bronquite, renite e um monte de ite crônicas. É uma merda.

  3. Tá foda. Eu tinha crises de bronquite seguidamente. Sempre usei bombinha e tal. Já tava acostumado. Mas dessa vez parece que o pulmão petrificou. Tu puxa o ar e ele não expande. Não tem bombinha que resolva. E olha que usei até o limite prescrito na bula, correndo o risco de ter um ataque cardíaco. ;/

  4. Nussa…..realmente essa foi uó. Namorada tem que estar junto na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Imagina se vcs estivessem casados, né? Ela ia fazer uma mala e dormir na casa da mãe, até saber do diagnóstico?

    Huahuahuahuahuaha

    essa pegou mal, Bruna. Defendo sempre as mulheres, mas dessa vez não vou conseguir.

    beijo pro casal!

  5. Mazah!
    E depois nós que somos os insensíveis. Oo

    Dá um desconto pra Bruna, você entendeu o que ela quis dizer. =P

  6. hiuahsiauhsuias.. eu morri de rir desse post do Matheus.. quem não entendeu foram vocês que ele está fazendo draminha.. nah nah nah… E realmente não foi isso que eu quis dizer… e se a gente morasse juntos, do que ia adiantar separar até esperar diagnostico? Se ele estivesse cm a tal gripe provavelmente eu também estaria.. Mas enfim… Ele entendeu o que eu quis dizer nééé amor?!!!
    beeijos, Bruna

  7. Nossa, que querida.

    “Você entendeu, né amor”.

    Nem senti uma doce intimação em forma de vozinha feminina aí pro Matheus… Mas que legal isso. Se fosse comigo e a Madi, seria, quando do BOM HUMOR dela: Entendeu ou eu vou ter de desenhar, seu purgante manhoso!?

    snif snif snif.

  8. kkkkkkkkkkk

    ficou hiperengraçado bruna.. kkkk

  9. aolsson1

    Com saúde todo cuidado é pouco!

    Alexandre Olsson
    http://conversaforax.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s