Ovelha não é para mato!

Vocês já ouviram esta expressão? Ovelha não é pra mata. Porque será? Porque seus tufos de pelos se enroscariam nas árvores? Porque as ovelhas são muito queridinhas para viver na vida selvagem? Não faço idéia. Só sei que ovelha no mato não dá certo.

Um ser que é totalmente alheio ao seu meio ambiente fica, visivelmente, deslocado. É como um ET tomando chimarrão em uma praça. Como um cara ouvindo música e lendo um livro dentro do cinema. Como o Inter mostrando um futebol força ao invés desse balé patético que é característico.

Enfim. Foi assim que me senti hoje. Dia das Mães né pessoas. E eu como bom filho me encaminhei ao fantástico centro da cidade para averiguar o comércio atrás de um regalo pra mamãe. Foi quando eu tive a infeliz idéia de entrar na Renner. Quando cruzei aquela porta ainda tive um lampejo de lucidez, foi quando falei pro pai: – Isso não vai dar certo.

Pra que meu povo? Pra que existem elefantes brancos como essas lojas? Redutos femininos encrustados no meio da cidade onde, obrigatoriamente, temos que entrar as vezes? Aquele monte de mulher correndo dum lado pro outro, aquele fedor de perfume vagabundo de quem compra uma meia em 12 vezes misturado com os perfumes de 300 reais que são vendidos lá, aquelas roupas penduradas naquelas araras extremamente, e desconfortavelmente, próximas umas das outras. Arg. As filas ! AHHHHHHH ! As filas. Tem gente que gosta de fila. Vai entender.

Eu me sentia um peixinho se batendo no tampão da mesa poucos segundos após saltar do meu querido e confortável aquário. Ahhh sacrifícios !

Mas compramos um presentão. Um casacão muito bonito. Na verdade demos sorte de dar de frente com ele. Porque se não… Bom. Mamãe ia ganhar uma meia ou qualquer coisa que estivesse mais próximo da porta de saída do inferno.

Mas, pessoas, a questão de ovelha não ser pra mato não é só pra falar da minha experiência desagradável no comércio. Ovelha não é pra mato por outro motivo fundamental também.

Mãe é mãe e não adianta. Não existe ser igual, por mais que se esforçe. Só nossas mães nos conhece como realmente somos, só nossas mães tem o senso de nos dizer que vai chover e que é pra levarmos guarda-chuva junto, só nossa mãe sabe quando estamos mentindo pra matar aula. Só nossas mães sabem que não tem problema matar aula as vezes. Enfim. MInha mãe é phoda ! Só tenho um problema com ela. Talvez por ter saído de suas entranhas eu não consigo, por mais que eu tente, ganhar uma discussão dela. E EU ODEIO ISSO. Eu estou sempre certo. Menos quando discuto com minha mãe. Mas enfim.

É por essas e outras que ela me ensinou o pouco de bom e de bem que eu sei. Ela é meu objetivo. Eu quero ser que nem ela quando crescer. Claro. Sem peito e tal. Quero ter a sensatez dela. Quero ter o coração maior que o mundo que ela tem. Quero ter a sabedoria, a calma, a força de vontade dela.

Enfim. Parabéns mamãe. Ninguém se compara a tí. Tu é, de longe, a pessoa que eu mais admiro nesse mundo. Obrigado por tudo que tu faz, fez e que, com certeza, ainda fará por nós. E tomara que consigamos retríbuir o irretribuível.

Parabéns mamães ! Todas ! As atuais e as futuras ;]

Te amo xuxu ;@@@@@@@@@@

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em Dele

11 Respostas para “Ovelha não é para mato!

  1. Júnior

    Como diz a minha mãe, Dona Nete…

    “O Apocalipse não será protagonizado pela luta final entre as trevas e a luz, mas sim, entre gremistas e colorados em um GreNal”.

    Onde o Internacional, claro… Sabe né.
    Então, como eu nem tento discutir com a minha mãe, a não ser quando ela me manda sair com aquele guarda chuva florido ridículo debaixo de um sol escaldante, alegando que vai chover.

    Sim, até hoje ela faz isso comigo, afinal, mãe é mãe.

    Saudações coloradas! 😛
    Jr.

  2. Oi Bruna, obrigada !!! sim eu sou mamãe de 3 fofuras Arthur, Louise e Sofia estão com 3 anos. beijos

  3. Nete

    “Como o Inter mostrando um futebol força ao invés desse balé patético que é característico”.

    Que falácia! 😛

    Façam felizes as suas mães hoje. Bem, não só hoje, guris… Todos os dias. Mas neste dia caprichem.

    Beijão.

  4. Nete

    Ai como o Júnior sabe ser desagradável, hem?
    Meu guarda-chuvas nem é ridículo. HUNF. 😛

  5. littlebia

    vc tbm, hein??
    fosse numa loja menos cheia…
    po, renner em qq dia eh cheio…nos dias das mães entaum!!!
    fato, td qto eh loja feminina tava cheia…
    tive sorte de ter uma feirinha aqui eprto de casa…

  6. É por essas e outras que eu comprei o presente da Nete uma semana antes. Assim eu evitei todo o transtorno da véspera e ainda não havia sido feito o arrastão nas mercadorias. Mais variedade, mais comodidade, menos incomodação.

    Madi.

  7. Isa

    “Eu estou sempre certo. Menos quando discuto com minha mãe.”

    hahahahahahaha, ri muito.
    nossa, vou te contar, esse não é um problema só de homem não. eu não entro em shoppings durante uma semana antes de qualquer feriado comercial, e TRÊS quando esse feriado é o natal.
    odeio!

    feliz dia das mães atrasado pra sua e pra da bruna!

    :*

  8. Gardênia Holanda Maciel

    kkkkkkkkkkkkkkk

    muito bom esse post!

  9. Também sintosnestas lojas o que é ser uma ovelha no meio do mato.
    Bela homenagem para as mães.

    Abraço,
    Búfalo

  10. Júnior

    Meus filhos, vocês estão vivos? oO

  11. estamos vivos sim… irei postar ainda hoje!
    bruna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s