Guerra de verdade. Até quando?

Venho me moderando a tempos pra não falar de assuntos polêmicos aqui no blog. Já não bastou uma mijada que eu tomei de um “leitor” por ter escrito sobre a Eloá na época que ela estava bombando. Percebi que minha opinião sobre as coisas geralmente é radical demais pra certos olhos ou ouvidos. Então pra evitar confusões eu evito certas situações. Mas a guerra que acontece hoje em Israel/Gaza não podia passar incólume a meus comentários.

Tentarei ao máximo não tomar partido no decorrer do texto, mas queria deixar claro que a atitude israelense pra mim é totalmente inaceitável e passível de ser comparada aos maiores crimes contra a humanidade.

A animosidade do ser humano não tem fim. A guerra na verdade é fruto do fanatismo religioso e da mão forte e alienadora do estado. As pessoas nascem lá, salvo raras excessões como a que mostrarei abaixo, já preparadas para a guerra. Odiando naturalmente os opositores.

Temos um dos melhores e mais malvados exércitos nacionais de um lado. Do outro lado temos um grupo organizado igualmente malvado e bem menos preparado.

Então de que lado ficar? Como se tivessemos que ficar de um lado né. Aliás, a Globo quer fortemente que fiquemos ao lado israelense. Notem a força que eles fazem pra mostrar a SUPOSTA igualdade no combate. Igualdade esta que não existe.

Sim. Como eu disse acima, eu tomo partido neste conflito. Estou do lado palestino e acho que Israel não é muito diferente dos Estados Unidos. Mas sei que não existem santos nessa batalha. Eu tomo este partido porque inexplicavelmente sou da paz. Se querem fazer guerra façam. Se exterminem dentro de seus exércitos. Mas não matem civis como estão matando. Tanto Hamas quanto o exército israelense estão fazendo muito mais vítimas civis do que militares. Só que o Hamas lança umas bombinhas feitas em casa sobre os israelenses. Já o exército israelense … bom, é um genocídio. Vocês estão vendo o massacre que está acontecendo. Na tv dá pra ver uma pequena parcela. Mas a internet é um meio muito mais direto pra saber o que acontece de verdade por aqueles lados. Então venho aqui hoje recomendar alguns blogs e alguns vídeos sobre Gaza. Vale a pena ver. Vale a pena ter uma opinião idônea sobre isso. Seja ela qual for.

EDIT:

Israel já matou mais de 257 crianças em Gaza. Preciso dizer algo mais?

http://www.rsurgente.net/2009/01/israel-j-matou-257-crianas-em-gaza.html

Como vivem os palestinos em Gaza

Estudantes israelenses que se recusam a servir ao exército e que estão presos

BLOGS:

http://www.idelberavelar.com/

http://ingaza.wordpress.com/

SITES: Fontes de informações interessantes e idôneas:

http://br.reuters.com/

http://www.elpais.com/global/

Enfim. Pela paz. Pela paz.

Te amo Bebê

Matheus

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em Dele

14 Respostas para “Guerra de verdade. Até quando?

  1. Uma guerra sem vencedores mas com muitos vencidos. Crianças palestinas que certamente brincariam com crianças israelenses se se encontrassem em um lugar neutro, pois não tem a menor idéia do que acontece nesse absurdo mundo adulto de Hamas e Israel.

    Engraçado, digitei errado a última palavra e vi uma coisa incrível “Is real”

    Real, mas inconcebível, essa guerra sem anjos, sem inocentes. Todos viraram alvos!

    Triste…
    Bruce

  2. fee

    Uma guerra perdida, sem sentido real, humano. Duvido que no combate haja algum outro motivador além do ódio, é mentira o nacionalismo deles, legitimidade… hunf… esqueceram faz tempo os motivos que julgaram nobres ou bastantes (??) para começarem a guerra! Mais uma história lamentável para os livros, que não vão precisar o número de pessoas que morreram, muito menos suas próprias histórias. A prática de valores humanos foi esquecida, virou besteira. A maldade, a perversidade, a alienação, a ausência de humanidade está nos dois lados, a diferença é que um está mais bem “equipado” que o outro.

  3. Oie..
    Como vc a muito tempo venho me segurado para não falar sobre esse assunto no blog,ainda não postei nada sobre esse guerra,e estou preferindo nem postar,pq ás vezes minha opinião é dura demais.
    Quando vamos ter paz nesse mundo,ali a vidas,independente de q grupo eles são ,a pessoas no meio desse bombardeio,antes de eles serem civis,militares ou de qualquer partido ,eles são seres humanos.(indignação total).
    O mundo precisa por um fim a tudo isso.
    Mas como la tem guerras ,aqui tbm não é diferente,é guerra contra as drogas, as armas,violência,abusos,corrupção,e etc..

    Até quando vamos viver assim?!

    bjo
    ótimo texto

  4. Isa

    Nessa guerra, nunca haverá vencedores, não tem um lado certo. Na minha opinião não há problema ou conflito que justifique a perda de vidas humanas, muito menos desse jeito absurdo que está acontecendo. Como, no final, mesmo que a guerra seja ganha, quem poderá se declarar vencedor? Depois de todos que morreram, e todos que mataram, sinceramente .. dá pra declarar vitória de algo tão vil?

    Não creio ..

  5. regganata

    Oi ninos

    Como eu sempre digo PAZ!!!
    E não concordo com vc naum tomar “partido”,pois acho mto bom quando os blogueiros usam seus espaços de forma inteligente,então mto bom o post Mathes,temos msm que pedir PAZ!!!

    Bjus aos dois.

  6. Nete

    Esta agressão bruta, tão “longe” de nossas casas é responsável por deixar o mundo em sobressalto.
    Para eles existe apenas uma única medida: A força das armas.
    Todos nós sabemos disto e me pergunto como isto terá um fim. Sou extremamente radical nestes assuntos e assim como você, já levei MUITA mijada.
    Com o passar dos anos, fui tecendo pensamentos que meu marido chama de “pessimismo”.

    Porque eu acredito que não adianta clamarmos paz. Nenhum deles ouve estes pedidos. Ou melhor, ouvem, mas não estão nem aí.
    Os fatos são friamente maquiados pela mídia e o valor e a honra dos comportamentos antigos, já não existem no mundo de hoje.
    A guerra parecer ser a eles, um meio de sobrevivência. É a fonte de riquezas onde a hipocrisia é o limite.
    Vejamos a Ditadura no Brasil. Não chegou aos pés de uma guerra nestas proporções, mas para quem viveu, foi o suficiente para sentir-se em um filme de terror.
    E a Ditadura apenas teve seu fim, pela organização das massas. Manifestos eclodiram, afrontas.

    Mas, vai enfrentar uma coisa dessas! Os poucos (ou muitos?) secundaristas em liberdade serão, de fato, dizimados.

    Sinceramente, não posso imaginar como há de ser dado um basta nisto.
    É degradante: Povos são oprimidos em nome de interesses falsos e estúpidos. Os direitos humanos são esmagados e espezinhados…

    E a moral é uma palavra que não se conhece.

    Parabéns pelo texto, Matheus!
    Beijão!

    Nete.

  7. Olha, ando pensando em vários assuntos monstruosos como esse – e aí me pergunto: até onde a religião faz bem?
    Vejo muita sujeira nisso tudo e tudo isso por causa de terra e religião.
    Abração, adorei a abordagem.

  8. Lídia

    Matheus,
    Vc tem todo direito de escrever o que quiser no seu blog (eu sei q vc sabe disso risos).
    Acho q como o blog é aberto qq pessoa pode ler, comentar e tudo, mas não o direito de atacar, no máximo debater.
    Leio algumas vezes o blog (apesar de nunca ter comentado) e gosto dos seu posts e dos da Bruna.
    Não lembro de ter lido o post sobre a Eloá, mas é muito valido debater temas como esses (guerra).
    Parabéns pela sua opinião.
    Essa guerra tá matando muita gente inocente é a pura verdade, e a troco de?…

    bjs pra vcs!
    Boas férias..
    Vou acompanhando o blog…

  9. Jaque

    Acho que vc tem é que escrever e polemizar MESMO. Afinal, se não fosse para ter opinião, mesmo que ruim, não faria sentido vc ter um blog.
    E sinceramente, acho que não seríamos nada se não fosse este tipo de opinião.
    O mundo precisa de equilíbrio, e o bem sem o mal não existe. O que faz a diferença é a postura que você toma diante dessas situações. Acredite, ter consciência já um grande passo.

    Bejo

  10. Gardênia Holanda Maciel

    Matheus… Parabéns! Sua opinião é sempre importante. Vc faz parte do mundo assim como eu, a Bruna e toda a humanidade! Sei que é lugar comum falar isso, mas essa guerra é uma estupidez.

    Abs

  11. Matheus, eu me pergunto : até qdo o ser humano vai cometer tantas barbaridades ???? Inocentes, como as crianças pagam por algo que nem sabem, por algo que não tem a minima consciencia do q seja……….é triste demais !!!! beijos

  12. Matheus,

    Solta o verbo sem medo!

    Temos direito de falarmos e pensarmos o que quisermos.

    Abraço,

  13. seragon

    Amigos vamos lembrar dos mais de 400 mil cristãos sudaneses mortos por milicias mussulmanas no Sudão!!

    VAMOS LEMBRAR DELES

  14. Olha só: não se ocupem muito das opiniões diergentes. Nesta vida de blogueira aprendi que muitos batem à nossa porta só para criticam, sem, no entanto, criar qq coisa que preste. Digam o que pensam, abram-se ao diálogo e só. Se após o diálogo permanecerem pontos divergentes, aceitem as diferenças e fim. O blog é de vcs, vcs escrevem o que querem. Quem quiser, que crie um blog e ponto final. Abraços apertados de quem os estima demais. :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s