Tempo, tempo, tempo, mano velho…

Olá pessoas. Tudo certo? Bah. É impressionante ver que quando eu fico obcecado por alguma coisa tudo parece conspirar para a minha loucura. Falo isso porque no meu post anterior falei do filme The Man from Earth né? Sobre um cara que simplesmente não morria. E desde então eu venho pensando nessa coisa toda. Da vida como espaço de tempo.

Para corroborar com minhas filosofadas a respeito do tema eu vi, por acaso, um programa do Discovery Channel sobre a vida no futuro. E uma coluna do Moacyr Scliar na Zero Hora de domingo, que versava sobre a administração do tempo, passado, presente e futuro.

Na TV acompanhei das descobertas científicas que prometem prolongar a vida humana até o dobro do tempo “normal”. Uma pílula que contém uma substância encontrada e isolada do vinho e que deve ser tomada dia-a-dia promete tal feito.

Na coluna do Scliar eu leio uma análise sobre a passagem do tempo. Falando que as palavras sempre e nunca são eternas e que não devem ser usadas. Pode parecer não ter muito a ver com a questão da vida humana. Mas tem. No final tem. E agora fica a pergunta: E se o tempo não passasse pra ti? E se você jamais morresse?

Do ponto de vista social e global eu vejo uma loucura iminente. Imaginem, pessoas vivendo 180 anos, tendo filhos durante esse tempo todo, abusando do ambiente esse tempo todo? É insustentável. A população cresceria demais e finalmente a teoria de Malthus funcionaria. Faltariam alimentos e espaço pra todo mundo.

Eu tenho pra mim que o ser humano vive o suficiente. A vida só passa muito rápido pra quem não sabe aproveitar. Daí quando se está no leito te morte fica aquele arrependimento por não ter feito certas coisas. Teoria essa, aliás, que tenho tentado implementar na minha vida. Jamais se arrepender por não ter feito algo. Se for pra se arrepender que seja por algo mal feito, mas não por algo não feito. E vendo isso eu não consigo entender o anseio humano por querer prolongar a vida. Pra que? Pelo simples ego e orgulho de querer enganar a morte? Porque envelhecer envelheceremos de qualquer forma. Vale a pena viver mais 60 anos como idoso? Com problemas de saúde? Apenas pra dizer que está vivo? Pra mim não. A vida é um ciclo. Tem inicio, meio e fim.

A coluna do Scliar entra aqui por uma frase que me deixou pensando. Uma frase que faz um link com o que eu penso sobre o tema da vida humana sendo prolongada:

– Se a gente soubesse avaliar melhor o tempo, usar melhor o tempo, se a gente pudesse aprender com o tempo, a nossa vida seria muito melhor.

Quantidade ou qualidade? O que vocês acham?

É isso então. Em breve mudanças de layout. Espero que fique legal. Ta dando trabalho.

Cuidem-se.

Te amo bebê

Abraços.

Matheus

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Dele

4 Respostas para “Tempo, tempo, tempo, mano velho…

  1. Bom…
    A minha avó tem 90 anos e está inteirona!

    Então por isso, acredito que devamos nos voltar ao que tange “qualidade de vida” e não tempo de vida.

    Se você vive bem, vive mais. É a lógica.

    Eu, por exemplo, tenho os problemas que a minha avó ainda não têm. Perdi vinte anos da minha vida fazendo -literalmente – “merda”.

    Tenho fibrose pulmonar por ter fumado 15 cigarros por dia e passei desse lado pro outro três vezes. Na última vez, São Pedro se arrenegou e mandou eu criar juízo. E eu consegui.

    Apesar de tudo, eu ainda gostaria de viver um pouco mais do que a média. Não que seja pelo meu ego, pela “ousadia” de vencer a morte. Acho que todos que perderam um bom tempo de suas vidas querem compensar os erros vivendo mais, embora, nem sempre seja a melhor saída, porque como você disse, ser um idoso malacabado e estrupiado não deve ser legal.

    Se até lá eu conseguir continuar vivendo razoavelmente bem, eu gostaria de ir além dos cem anos, sim.

    Abraços,
    Júnior.

  2. Neo

    Então…

    Que coisa, não? Ando tão desinspirado…
    Feliz 2009 procês!!

    Abraço do Neo

  3. Julia Salgueiro

    A vida já é uma agonia. Se eu vivesse mais além da conta ia se tornar um inferno! Não, obrigada!

    A minha vida passa edvagar demais… parece q nunca mais acaba…

  4. Renata Fernanda

    Qualidade! Com certeza.
    Aproveitar muito e ser feliz ao máximo enquanto der.
    =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s