O vencedor

Opaa! Tudo bem ? Cá estou eu denovo pra finalmente postar sobre a música que eu falei alguns posts atrás. A música é O vencedor dos Los Hermanos e a letra é a seguinte :

Olha lá quem vem do lado oposto
e vem sem gosto de viver
Olha lá que os bravos são escravos
sãos e salvos de sofrer
Olha lá quem acha que perder
é ser menor na vida
Olha lá quem sempre quer vitória
e perde a glória de chorar

Eu que já não quero mais ser um vencedor,
levo a vida devagar pra não faltar amor

Olha você e diz que não
vive a esconder o coração

Não faz isso, amigo
Já se sabe que você
só procura abrigo,
mas não deixa ninguém ver
Por que será ?

Eu que nunca fui assim
muito de ganhar,
junto às mãos ao meu redor
Faço o melhor que sou capaz
só pra viver em paz.

Poisé gente. To aqui pra falar o que esta música significa pra mim, e principalmente do significado que ela adquiriu na minha vida nos últimos tempos. Quem leu meus posts aqui já deve ter lido sobre minhas idas ao psicológo e tal. Não tenho nenhum problema sério pra procurar ajuda. Só achei interessante, depois de um certo estímulo da Bruna, experimentar visitar um profissional pra aprender a lidar melhor com as coisas que estavam acontecendo comigo.

Estou no 4º semestre da faculdade, já era tempo de eu ter aprendido mas não aprendi a lidar com a forma como tudo funciona. Quando tu tá no segundo grau, fazendo cursinho ou algo do tipo, tu meio que fica limitado a uma redoma que te impede de ver como as coisas realmente são. E quando entrei na faculdade mitos e mais mitos que existiam na minha cabeça foram caindo, um a um. E isso me deixou instável. Descobri que o mundo não é tão colorido quanto eu pensava, que eu não sou tão bom quanto eu pensava, que as pessoas não são tão puras e boas na essência como eu pensava. Enfim. Mas isso tudo explodiu MESMO no meu rendimento acadêmico. Comecei a sentir sérias dificuldades em coisas que pra mim eram simples. Como falar em público, como estudar, como me dedicar a alguma coisa, me concentrar e manter o foco… Enfim.

Mas a verdade maior é que sempre me dei bem em tudo que fiz sem fazer quase o mínimo esforço. Sempre me destaquei no colégio. Passei em um vestibular com quase 20 candidatos por vaga estudando não mais do que 10 horas AO TODO fora de aula. E isso criou em mim uma série de expectativas gigantes. Sempre quis ser o melhor. Sempre quis ser o bom. E quando estas desmistificações começaram a acontecer este mito caiu por terra também. Eu não sou tão excepcional quanto eu achei que eu fosse. Mas eu queria ser, e isso me deixou em parafuso. Porque não dava conta de fazer tudo que queria fazer pra ser o melhor. E isso me deixava na fossa total. E isto me fazia perder a vontade de correr atrás do trem pra ser o melhor. Entende? Ciclo totalmente vicioso.

E aí entrou o psicológo. E ae eu vi mais sentido ainda nesta música. Deixei te tentar ser um vencedor a força. De tentar ganhar tudo na marra sem aproveitar o que eu vivo pra previlegiar apenas o resultado. Comecei a aproveitar melhor a vida. A aproveitar a viagem que é aprender, que é viver. E isto tem me dado prazeres que eu não esperava ter. Levo a vida devagar pra não faltar amor. Porque não quero perder a glória de chorar, porque são após estes momentos que se alcança a redenção. E eu to alcançando a minha com uma surpresa fantástica pra mim. Quando eu tentava ser um vencedor conseguia resultados piores do que quando eu resolvi aproveitar a vida. Fantástico não ?

Não sei se isso serve pra todo mundo. Mas pra mim serviu. E melhorou minha vida. Faço o melhor, que sou capaz. Só pra viver em paz.

E era isso. Mais um post da série sem muito sentido empreendido por mim \o/ !

E pô ! Vamo parar de puxar o saco só da Bruna gente ;~~ ! Todo mundo manda beijinho pra ela nos coments e tudo mais. Também quero ué ! Sou legalzin também ! rã !

Abraço a todos !

Te amo bebê !

Matheus

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Dele

6 Respostas para “O vencedor

  1. Fee

    “…é preciso força
    pra sonhar
    e perceber
    que a estrada vai
    além do que se vê!”

    O foco deve ser o amor, hoje, amanhã e sempre. No final das contas, é só o que interessa.

    Obrigada pela visita Bruna e Matheus.

    Sorte!

  2. Ray

    Muitas vezes, pelo ansiedade do dia a dia e pela pressão geral, tendemos a querer sempre mais, buscar sempre mais visando resultados imediatos…
    Sou assim… neurótica ao ver que o tempo está passando e não decido o que fazer só para viver em paz com as minhas escolhas e tudo ao meu redor…

    O baque maior tbm foi quando vi que o mundo definitivamente não é colorido como imaginava, sinto falta da inocência que temos quando crianças, de “acreditar que o mundo é perfeito e todas as pessoas são felizer “…

    Pra não pirar, eu tento ser menos egoísta – mal do ser humano – e penso nos menos favorecidos, nos sem teto, sem amor, nos vazios de sentimentos, de caráter, de alimentos e família… Enfim, procuro pensar que ao invés de chorar, posso arregaçar as mangas e tentar trazer de volta o mundo que acreditava existir quando ainda podia brincar sem medo nas ruas da minha cidade.

    Bjo pra Bruna e pro matheus.

    Namastê!

  3. Ray

    Ahh, respondendo ao seu comentário lá no blog: Último Romance sem dúvida é uma das melhores em português… tem um significado absurdamente especial pra mim. Estou pensando em tatuar a frase: Do nosso amor a gente é quem sabe…
    Nem preciso dizer que é por conta do meu amor, né? rs…

    Bjo outro!

  4. “Eu que já não quero mais ser um vencedor,
    levo a vida devagar pra não faltar amor”

    esse verso diz tudo sobre a minha vida.. sempre fui tranquilo nos meus planos, sempre soube esperar, nunca sai correndo para ser um vencedor a força.
    qnt menos esperei apareceu um amor pra mim. e nao precisei sair caçando por ai.

    eu levo a vida devagar e do meu jeito.

  5. mariana

    Quando sonho sou guiado para um outro mundo
    Várias e várias vezes
    No amanhecer eu luto para continuar dormindo
    Porque eu não quero deixar o conforto desse lugar
    Porque existe um faminto, querendo escapar
    Da vida que eu vivo quando estou acordado

    Esse verso , resume um pouco de minha vida
    uma vida amorosa , qe só dei um certo valor quando eu o perdi , e hoje sinto falta pois sinti qe gosto realmente dele , mais na minha vida REAL eu o tenho , mais quando eu sonho sou guiada para um mundo onde eu posso ir alem do meu limite , e quando acordo vejo qe é apenas um sonho .. mais um sonho qe quem sabe um dia possa ser real , afinal quem nao sonha nao vive 😉

    bgs ;*

  6. JJ

    Gostei do seu Post!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s